Técnicas Cirúrgicas

GECOM - Técnicas Cirúrgicas - Fobi-Capella

Fobi-Capella

A cirurgia de Fobi-Capella, ou Bypass Gástrico
com anel, é uma técnica na qual o mecanismo de
emagrecimento é centrado, principalmente, na
restrição e muito pouco na disabsorção.

GECOM - Fobi CapellaO exemplo clássico é a cirurgia de Fobi-Capella, considerada hoje como padrão-ouro da cirurgia da obesidade (figura). Nesta técnica o estômago é diminuído, fazendo com que a quantidade de alimento ingerida seja muito pequena.

Associado a isto, é realizada uma derivação gastro-jejunal (nova união do estômago com o intestino) que causa discreta diminuição da absorção alimentar. A técnica de Fobi-Capella representa aproximadamente 80% das cirurgias para obesidade mórbida feitas anualmente nos Estados Unidos, sendo realizada com sucesso naquele país desde 1989.

GECOM - Técnicas Cirúrgicas - Banda Gástrica Ajustável

Banda Gástrica Ajustável

É a cirurgia na qual o mecanismo de emagrecimento
se dá através de uma “barreira” que impede a passagem
de grandes quantidades de alimentos. Um exemplo de
cirurgia restritiva é a banda gástrica ajustável.

GECOM - Banda Gástrica AjustávelA banda gástrica consiste em uma “cinta” de silicone que é colocada na parte mais alta do estômago (figura). A banda tem um mecanismo de regulagem que permite apertar mais o estômago, restringindo ainda mais a passagem dos alimentos.

Outra técnica restritiva é a cirurgia de Mason ou Gastroplastia vertical com banda. Esta técnica, muito utilizada na década de 1980, é citada hoje principalmente por seu interesse histórico, tendo sido substituída pela bandagem gástrica ajustável.

GECOM - Técnicas Cirúrgicas - Videolaparoscopia

Videolaparoscopia

Todas as técnicas cirúrgicas para
obesidade mórbida podem ser realizadas pela
cirurgia convencional (com corte) ou pela
videolaparoscopia (pequenas incisões).

GECOM - Cirurgia ConvencionalA videocirurgia é uma evolução técnica da cirurgia aberta. Realiza-se o mesmo procedimento, sem a necessidade de abrir a cavidade abdominal.

GECOM - VideolaparoscopiaA cirurgia por videolaparoscopia traz os seguintes benefícios:
  • Menos dor no pós-operatório
  • Retorno precoce às atividades físicas e laborais
  • Menor índice de infecções de ferida operatória
  • Menor índice de hérnias incisionais (0,2%, contra 30% na cirurgia aberta)
  • Melhor padrão ventilatório no pós-operatório
  • Diminuindo a incidência de complicações respiratórias
  • Menor trauma tecidual
  • Menor resposta inflamatória sistêmica
  • Melhor efeito estético
  • Menor mortalidade (quatro vezes menor que a aberta)
GECOM - Técnicas Cirúrgicas - Sleeve Gastrectomy

Sleeve Gastrectomy

Sleeve Gastrectomy
(gastrectomia em manga) é uma operação
puramente restritiva, reduzindo o tamanho
do reservatório gástrico em 80% (100 ml).

GECOM - Sleeve GastrectomyNesta cirurgia há uma redução plasmática da grelina (hormônio que regula a fome), estando este mecanismo envolvido na perda de peso, assim como a restrição.

A gastrectomia em manga foi descrita em 1998, porque é passo obrigatório integrante da cirurgia de Duodenal Switch, sendo que em 2003 começou a ser usada como procedimento isolado. Em janeiro de 2010 este procedimento foi regulamentado pelo Conselho Federal de Medicina (CFM).

As principais complicações da cirurgia são as fístulas do novo estômago e a hemorragia, além do fato de ser uma cirurgia irreversível, pois 80% do estômago é descartado.

Por ser uma técnica bastante recente, ainda não existem resultados de longo prazo. No entanto, os que até agora estão disponíveis sugerem que a perda de peso pode ser ligeiramente mais acentuada e mais rápida do que a conseguida com a banda gástrica ajustável.

GECOM - Técnicas Cirúrgicas - Scopinaro

Scopinaro

A Cirurgia de Scopinaro, também conhecida
como Cirurgia Disabsortiva é aquela em
que o emagrecimento ocorre devido a uma
má-absorção dos alimentos ingeridos.

GECOM - ScopinaroO exemplo clássico é a cirurgia de Fobi-Capella, considerada hoje como padrão-ouro da cirurgia da obesidade (figura). Nesta técnica o estômago é diminuído, fazendo com que a quantidade de alimento ingerida seja muito pequena.

Associado a isto, é realizada uma derivação gastro-jejunal (nova união do estômago com o intestino) que causa discreta diminuição da absorção alimentar. A técnica de Fobi-Capella representa aproximadamente 80% das cirurgias para obesidade mórbida feitas anualmente nos Estados Unidos, sendo realizada com sucesso naquele país desde 1989.

GECOM - Técnicas Cirúrgicas - Robótica

Robótica

O GECOM, com a sua característica de
inovações técnicas e tecnológicas, já disponibiliza aos
seus pacientes a Cirurgia Bariátrica, através da
Cirurgia Robótica Minimamente Invasiva.

GECOM - RobóticaA Cirurgia Robótica é uma evolução da cirurgia videolaparoscópica, em que já se utiliza um acesso ao abdômen, através de uma técnica minimamente invasiva (sem a necessidade de grandes incisões). A grande diferença entre os dois métodos é que na nova tecnologia robótica, os instrumentos cirúrgicos se apoiam nos braços mecânicos do robô e, assim, minimiza o trauma aos tecidos do paciente. Em casos mais complexos, como nos pacientes obesos com uma camada de parede abdominal mais grossa, fica fácil entender o benefício desse método.

A Cirurgia Robótica Minimamente Invasiva traz os seguintes benefícios aos pacientes: diminuição da dor e do desconforto no pós-operatório, diminuição de perdas sanguíneas durante o procedimento, menor tempo de permanência no hospital e, ainda, oferece a oportunidade de retorno mais rápido às suas atividades diárias. Mas, sem dúvida alguma, o maior benefício é oferecido pela qualidade da imagem (3D em alta definição) e na presteza dos movimentos realizados pelo braço robótico, sempre sob o comando do cirurgião bariátrico.